Artigo

Luciano Martins

388 views

LUCIANO MARTINS
Todos sabemos que o talento de um artista não pode ser medido objetivamente. Mas no caso de Luciano Martins, não faltam números capazes de traduzir e confirmar sua capacidade criativa. Com mais de 200 prêmios acumulados com artes publicitárias e mais de 1.200 produtos diferentes exibindo seus traços, ele passou a contribuir com ações sociais, beneficiando mais de 100 projetos e eventos com marcas catalisadoras de apoio e energia.

Desde o início da carreira, desenhando em agências de publicidade, Luciano já demonstrava um estilo vibrante, colorido, capaz de despertar um olhar positivo sobre as coisas da vida. Avesso a rótulos e classificações, privilegia a aprovação do público sobre a opinião dos críticos, o consumo democrático sobre a fruição exclusiva de alguns, destacando-se pela empatia que as obras desencadeiam nos mais curiosos formatos.

Ao longo de quase 20 anos, sua arte passou a estampar vários produtos domésticos, como almofadas, vassouras, escovas, ventiladores, garrafa térmica, tapetes, porcelanas e embalagens para comidas. Também agrada a gregos e troianos, ou melhor, animais e humanos em artigos de pet shop, chinelos, perfumes, pijamas, joias e mochilas. Facilmente reconhecida, a arte de Luciano Martins figura desde brinquedos palpáveis até personagens apreciados a distância, como a famosa Bubu.

A coruja que mereceu uma coleção da marca Uatt! agora vem correndo o mundo na série “Bubu e as Corujinhas”. Exibida pelos canais Disney Channel, Disney Jr e TV Cultura, a série produzida e administrada pela UP! Content co. já está na segunda temporada de 26 episódios, com versões dubladas em países da América Latina, nos Estados Unidos e em outros extremos do planeta, como canais da China, Japão e Austrália, sempre primando por um entretenimento didático para as crianças.
Casado com Carol Castagna, pai da Julia e da Aline, Luciano já mudou o cenário das praias de Florianópolis ao colorir os chuveiros públicos disponibilizados pela Prefeitura. Também coube a ele criar o letreiro, com a inscrição Floripa, a ser instalado em breve na principal avenida da cidade em que vive. Parte desta rica trajetória está registrada na obra “Luciano Martins 15 Years”, que ele lançou em 2015 no Centro Integrado de Cultura, distribuindo quase 2 mil exemplares a bibliotecas estudantis.
Desde então, o portfólio só cresceu, com obras adquiridas nos cinco continentes, exposições nos Estados Unidos, na Argentina e em diferentes países da Europa, como a Individual “O Brasil dos meus olhos”, exibida na Fundação António Cupertino Miranda, na cidade do Porto, em 2008. Paralelamente, sua arte traduz em formas o propósito de entidades, eventos e campanhas, com escovas licenciadas com seus desenhos enviadas recentemente a um campo de refugiados no Líbano. Além de favorecer hospitais, escolas e uma infinidade de projetos, Luciano interage efetivamente com as causas que abraça, frequentando escolas, recebendo estudantes em sua Galeria e empreendendo, em parceria com a faculdade Cesusc e o colégio Cruz e Souza, a ambiciosa atribuição da Escola de Artes Luciano Martins, com um modelo já formatado para que possa ser reproduzido em outras regiões do país.
Entre as entidades beneficiadas com sua arte no Brasil, várias se destacam no campo da Saúde, como o Hospital Infantil Joana de Gusmão, Hospital do Câncer de Barretos, Cepon, Hospital Celso Ramos, Hemosc, Fundação Pró-Rim Joinville e a Associação Brasileira de Portadores de Câncer. Luciano também foi o artista escolhido para ilustrar campanhas do Instituto Guga Kuerten, Instituto Cacau Show e Instituto Ayrton Senna, e o artista que mais pintou os animais gigantes distribuídos por Florianópolis nas intervenções urbanas Cow Parade e Elephant Parade.

Texto: Ana Lavratti